Pesquisar este blog

domingo, 2 de maio de 2010

Tosquera em São Sebastião – 02/05/2010


Uma tarde de domingo ensolarada no começo do mês de maio, logo depois do feriado do dia do trabalho. Muitos de nós insanos roqueiros só recebemos nossos míseros salários depois do 5º dia útil do mês, ou seja, a maioria presente na gig estava quebradx, dependendo, no meu caso até da grana da passagem do baú (meu caso e da Titi) hehe

Mesmo assim deu tudo certo, correu tudo muito bem e as quadro bandas a se apresentarem nesta “matiné” punk foram a Disforme (retomando as atividades depois de um bom tempo parada), a Podrera (que sofreu mais uma mudança em sua formação, mas está brutal como sempre), o The Insült (banda representante da cena Raw Punk brasiliense e ícone do poder feminino no underground) e por fim a Que Pasa Cabrón (banda revelação com letras hiper-politizadas que falam desde a organização popular e vegetarianismo). Vamos lá, e foi assim que vi o bagulho hoje.

Disforme – Depois de meses parados, resolvemos tocar na loucura, a Ray (nova vocalista) apenas tinha ensaiado uma única vez a 4 meses atrás, tocamos sem ensaiar e superamos as expectativas! Erramos, sim, e muito... mas mesmo assim, deu pra perceber a cede e o gás renovado na nova formação, recebemos aplausos dos amigos e bastante apoio em continuar. E assim será!

Podrera – Depois de mais uma mudança em sua formação, a Podrera agora conta com o guitarrista metaleiro doido do Riacho Fundo, Ângelo. O cara mesmo ainda em processo de adaptação, mostrou desenvoltura com a guitarra, o toque metal que a Podrera sempre buscou. Infelizmente o Hugo (ex-guitarrista), resolveu seguir uma vida convencional, tradicional e religiosa (hehe), descanse em paz.

The Insült – Orgulhosamente punks. Banda liderada pela experiente Valéria e ícone da cena Raw Punk brasiliense. A banda vez uma apresentação bastante energética mesmo com o mesário “sacaneando” o baixista Rafael (hehe).

¿Que Pasa Cabrón?Zapatistas e mascarados. Os caras fecharam com chave de adamantium a gig. Mostraram irreverência em letras extremamente politizadas através de um hardcore old school que hora lembra 7 Seconds e hora lembra os japoneses do RoseRose. Certamente é a banda que revelação, tanto em som quanto em estética e presença de palco, continuem assim cabróns!



terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

NOSSA ESCOLHA - POSITIVE HARDCORE - BRASÍLIA

A Nossa Escolha é uma banda de Hardcore Old School de Brasília que iniciou seu caminho no primeiro semestre de 2009. Na época, os integrantes sentiam uma grande necessidade de resgatar a energia contagiante de bandas dos anos 80 e 90 na linha de Battery, Strife, Youth Of Today, SSD, Better Than a Thousand, Ignite, H2O, The First Step, Gorilla Biscuits, X-Acto, Bold, 7 Seconds, Bane, Slapshot, Chain Of Strength, Judge, Minor Threat, Youth Brigade e uma infinidade de outras grandes bandas que marcaram o cenário hardcore mundial. Com a seguinte formação: David (Voz), Negrete (Guitarra/Voz), Felipex (Guitarra), Cleuton (Baixo) e Rômulo (Bateria) desenvolveram algumas canções e entraram em estúdio apenas uma única vez. Muitos meses depois a idéia da Nossa Escolha ainda estava na cabeça de alguns integrantes, então a banda começou a ser re-acesa no dia 02 de janeiro de 2010 em meio a uma conversa entre Negrete e João Paulo que sentiam falta de letras positivas nas bandas de hardcore brasiliense. No entanto, conscientes de que a música por si desperta algum tipo de sentimento e questionamento nas pessoas, sentiram a necessidade de escrever letras que falam sobre suas experiências pessoais, sobre boas ações, erros e acertos cometidos, arrependimentos, amizade, sinceridade, humildade, união, apoio mutuo etc.

Um breve a banda gravará uma demo e disponibilizará para download.


terça-feira, 15 de setembro de 2009

Dischord 1981: The Year In Seven Inches














Indispensável coletânea do selo Dischord de 1982.

1Teen Idles, TheTeen Idles (0:44)
2Teen Idles, TheSneakers (1:28)
3Teen Idles, TheGet Up And Go (0:52)
4Teen Idles, TheDeadhead (1:21)
5Teen Idles, TheFleeting Fury (1:20)
6Teen Idles, TheFiorucci Nightmare (0:44)
7Teen Idles, TheGetting In My Way (1:04)
8Teen Idles, TheToo Young To Rock (2:04)
9State Of AlertLost In Space (0:43)
10State Of AlertDraw Blank (0:36)
11State Of AlertGirl Problems (0:48)
12State Of AlertBlackout (0:44)
13State Of AlertGate Crashers (1:03)
14State Of AlertWarzone (0:51)
15State Of AlertRiot (0:41)
16State Of AlertGang Fight (0:59)
17State Of AlertPublic Defender (1:12)
18State Of AlertGonna Hafta Fight (0:43)
19Minor ThreatFiller (1:32)
20Minor ThreatI Don't Wanna Hear It (1:13)
21Minor ThreatSeeing Red (1:03)
22Minor ThreatStraight Edge (0:45)
23Minor ThreatSmall Man, Big Mouth (0:55)
24Minor ThreatScreaming At A Wall (1:31)
25Minor ThreatBottled Violence (0:53)
26Minor ThreatMinor Threat (1:31)
27Government IssueReligious Ripoff (1:14)
28Government IssueFashionite (0:37)
29Government IssueRock 'N' Roll Bullshit (1:13)
30Government IssueAnarchy Is Dead (0:30)
31Government IssueSheer Terror (1:28)
32Government IssueAsshole (1:08)
33Government IssueBored To Death (0:57)
34Government IssueNo Rights (0:48)
35Government IssueI'm James Dean (0:17)
36Government IssueCowboy Fashion (0:44)
37Minor ThreatIn My Eyes (2:49)
38Minor ThreatOut Of Step (1:16)
39Minor ThreatGuilty Of Being White (1:17)
40Minor ThreatSteppin' Stone (2:11)
41Youth Brigade (2)It's About Time That We Had A Change (1:18)
42Youth Brigade (2)Full Speed Ahead (1:27)
43Youth Brigade (2)Point Of View (0:47)
44Youth Brigade (2)Barbed Wire (1:42)
45Youth Brigade (2)Pay No Attention (0:56)
46Youth Brigade (2)Wrong Decision (1:32)
47Youth Brigade (2)No Song (2:25)
48Youth Brigade (2)No Song II (0:04)


domingo, 6 de setembro de 2009

DEFIANCE

Banda "anarcho street punk" formada em 1993 em Portland, Oregon, United States.
Site oficial: http://www.defiance-punks.com/
Ouça aqui: http://www.myspace.com/defiancepdx


video

Downloads:

Defiance - No Future No Hope (1995)

1. Fuck Them All

2. Fodder
3. No Future No Hope
4. How Much Longer
5. You Got It All Wrong
6. Anti Social
7. Fuck This City
8. Hands of the Few
9. I Hate Everything
10. Self Imposed Slavery
11. Burn
12. Rip Off
13. Police Oppression

Download: http://www.4shared.com/file/76617316/bc3f666f/Defiance_-_No_Future_No_Hope.html

Defiance - Rise Or Fall (2004)

1. Final Hour
2. No Reason
3. Doing What You're Told
4. Still Got Fuck All
5. This Town
6. Death Squad
7. Last Night
8. Screwed Up
9. We're the Ones
10. All the Aces/Forced to Serve

Download: http://www.4shared.com/file/129896900/dfda72b2/Defiance_-_Rise_Or_Fall.html

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Los Verdaderos - Argentina Straight Edge


Los Verdaderos é uma banda de hardcore straight edge da cidade de Buenos Aires, Argentina. Banda que desempenha muito bem seu som ao estilo old school/youth crew. Contagiante é o que eu posso dizer. Os caras tocaram faz um tempinho aqui no Brasil no tradicional evento paulista “Verdurada”. Não pude comparecer na época, mas só ouvi bons comentários com relação aos caras. To disponibilizando o disco “Volver” que é sensacional, pra quem gosta dessa linha de hardcore é uma boa indicação.


Download: Los Verdaderos - Volver



domingo, 30 de agosto de 2009

Entrevista com a banda Straight Edge - xLOST IN HATEx

Olá pessoal, como vão? É um grande prazer entrevistá-los e com isso disponibilizar o som de vocês aqui através do Pillow Fight Zine que infelizmente se rendeu a modernidade e agora está em formado virtual (devido a falta de recursos pra fazê-lo impresso). Vamos lá!

1. Quando o xLost in Hatex surgiu, em que parte do DF?

A banda xLost in Hatex formada em 2007 na cidade de Taguatinga (DF) teve sua primeira formaçao o vocalista Verruga um dos fundadroes e dois guitarristas, Wellington e Kenji, o baterista Guilherme, o baixista Fábio. em 2008 o Verruga por motivos pessoais deixou a banda que agora conta com Guigows e Henrrique nos vocais. Com um som pesadoe vocais vicerais, levantam o público nos shows que fazem pelas cidades satélites do DF. Nele ficam evidentes as influências de bandas como Maroon, Biohazard, Earth Crisis, Obituary, Confronto e Condolência. As letras abordam os males causados pelo uso de drogas e descaso social encaixando a banda no seguimento Straight Edge, celeiro de diversas bandas do estilo.


2. Falem um pouco da formação da banda, dos integrantes, o que fazem da vida fora da banda.

A formação atual da banda é: Kenji e Well (guitarras) Fábio (baixo), Gui (batera), eu (Guigows) e Henrike nos vocais. Temos uma rotina de "branco" vamos dizer, eu sou estagiário e estudo na parte da manhã, o Henrike faz uns cursos técnicos de computação nos quais estão deixando bem louco por causa do alto teor de física (risos) e é body piercing nas horas vagas, Kenji é recepcionista num estúdio de tattoo, o Well é desing, no momento faz uns free lance nessa área e o Gui faz faculdade, (o único que pode ter futuro) risos...


3. Como é o processo de produção das músicas?

O processo das músicas são simples. O kenji e o Well (ambos guitarristas) fazem as bases, eu e o Henrike (vocais), sempre pensamos em como poderia sair as musicas, pensamos em refrões fortes e agressivos, levamos todas as nossas idéias e montamos as musicas nos ensaios mesmo, mas já rolou ocasiões de fazer musicas na casa do Kenji.


4. Noto nas músicas de vocês uma pegada ideológica bem forte, do orgulho que vocês carregam em suas mãos, da chama straight edge queimando.

Nosso maior foco é agredir as cabeças de "rédia de cavalo", vamos dizer assim, pois infelizmente a maioria das pessoas não tem respeito sobre o straight edge, ou as que são, acham que são melhores que as outras pessoas, por umas serem vegans e as outras não, tentamos quebrar essa falsa rotina ideológica, e claro, sempre impondo com bastante ódio.


5. Quais as principais influencias da banda?

Temos como principais influencias bandas como: Maroon, Heaven Shall Burn, As Blood Runs Black entre outras...


6. Sabemos que Brasília é uma cidade onde a cena hardcore é bastante fragmentada e existem várias tretas ideológicas, desafetos etc. Como a xLost in Hatex vê essa situação?

Acreditamos que apenas o respeito irá unir as "ovelhas desgarradas", enquanto não houver isso, terá treta, panelas em shows, e post em Fotolog cutucando o próximo e alfinetando...


7. Falem de shows que vocês fizeram aqui em Brasília e fora. É muito diferente tocar em outras cidades?

Ainda não temos o nosso público formado aqui no DF, claro que temos muitos amigos que nos apóiam, mas ainda há muito preconceito pelo fato de sermos straight edge, temos mais publico no entorno, aonde a galera realmente sabe representar o hardcore, quem sabe um dia não entramos para as panelas do plano e ficaremos famosos (risos). Quanto a tocar fora, é sempre ótimo experimentar novos ares, conhecer outras pessoas, e sempre fazer novas amizades.


8. Falem um pouco do EP Disciplina e Honra, da forma de divulgação, processo de gravação e onde podemos encontrá-lo.

O EP Disciplina e Honra, foi um trabalho que rendeu muito, pois valeu muito a pena, ver pessoas cantando nossas musicas nos shows, mas vou confessar que ele foi feito meio que "nas coxas", queríamos muito gravar, e eu tinha acabado de entrar na banda, ainda tinha muito que melhorar, gravamos no ME Estúdio, estúdio do nosso grande amigo Edi, que teve toda atenção e carinho com nosso EP. Temos um myspace onde é nossa forte fonte de divulgação, temos link para baixar aonde você encontra no fotolog.com/xlostinhatex e em nossa comunidade.


9. Considerações finais. Valeu pessoal pela entrevista. Espaço aberto, Edges!

Valeu pelo espaço, por poder contar um pouco de nossas vida no espaço musical, em nome da xlost in hatex agradeço pelo espaço, muito obrigado!

-------------

Para fazer o donwload do EP Disciplina e Honra entre no site:
www.lostinhate55.hd1.com.br

















Disforme (r.i.p) – 2005 - 2009

Banda brasiliense formada em março de 2005 na cidade satélite Riacho Fundo II (DF).

Em 2006 quando Roberto assume a guitarra e a segunda voz a Disforme grava seu primeiro material, a demo 64 Nunca Mais. Com essa demo em mãos a Disforme faz diversos shows, tocando praticamente em todas as regiões do Distrito Federal e fora também, em cidades como Goiânia, São Paulo, Curitiba, Paracatu entre outras.

A Disforme fazia um hardcore simples e reto, sem muitos recursos técnicos.

Em 2008 a banda lança seu primeito CD oficial com 18 faixas intitulado Mais Um Número. Meses depois Roberto decide deixar a banda para se dedicar a outros projetos, mas há possibilidades da banda retornar as atividades em breve, enquanto isso não acontece, deixo aí os materiais gravados pela banda para download.


64 Nunca Mais

Mais Um Número (2008)